Pro quarto da Ana

Algumas missões são deliciosas...transformar o ícone peace em papel craft pra um quarto azul mediterrâneo de uma linda menina e sem restrições criativas é tudo de bom!
 




 

Ecko Unltd

Customização da marca Ecko Unltd numa parceria Infinitta e Da Casa durante a visita de Marc Ecko ao Brasil em março/2013. O próprio Marc levou o rino para decorar seu escritório em NY.
 




 

Maria Izabel, a Dama das Flores

Histórias cada vez mais raras e, por isso mesmo, tão encantadoras. Há aproximadamente 2 anos atrás meu trabalho foi publicado na revista Casa Cláudia e ela recortou a reportagem, reuniu um tesouro em cards e papéis coloridos de vários lugares e me enviou para que eu os transformasse. Alguns cartões datam do início do século XX como vcs podem ver e foram adquiridos em feiras de antiguidades que ela visitou durante todo esse tempo! Não tenho como retribuir tanta gentileza de outra forma e criei a Dama das Flores pra ela. 
 
 





 

Agarra tus Suenos por Atelier Clementtina

Um pouquinho do que foi a coleção Agarra tus suenos do Atelier Clementtina...




 



 

Les Enfants

Nunca escondi minha paixão pelos quartos dos pequenos...abre espaço e desculpa pro trabalho lúdico e simples como eu gosto.








Delivery aos domingos

Domingo passou a ser meu dia preferido de dirigir pela cidade...e assim revejo amigos e entrego as novidades. Nesse último, visitinha a Bebel, acarajé na Feira Hippie de Ipanema e uma tarde sempre deliciosa com Isabela e Rogério na Infinitta.











MuBE São Paulo

Mais uma vez uma certa frustração. O Museu da Escultura Brasileira em estilo moderno ocupa junto com o Museu da Imagem e do  Som uma área incrível no coração do Jardim Europa. Nos fins de semana também abriga uma Feira de Antiguidades com peças incríveis...mas e as escultutas? Abaixo o acervo quase completo do MuBE?! Curadores do meu Brasil, cadê os escultores brasileiros?










Cores e sabores da Liberdade

Alguns dias em Sampa e fomos conhecer o bairro da Liberdade. Confesso que por mais que os anos passem continuo sempre criando grandes expectativas e frustrações. Pra carioca tudo é novidade mas pra importância da colônia japonesa eu queria mais... De bacana só os mercados e as comidinhas. Falta muito da arte japonesa apesar de algumas livrarias.